Home » Comportamento » Como lidar com a inveja no ambiente de trabalho

Como lidar com a inveja no ambiente de trabalho

MistrustSe você perguntar a alguém – você alguma vez já sentiu inveja em sua vida? Dificilmente e prontamente a resposta será um sim. Inveja é um sentimento ruim, que faz sofrer tanto o invejado quanto o invejoso e por isso exige cuidado para lidar e também para falar sobre com este sentimento.

No ambiente de trabalho quando você percebe que está sendo vítima de inveja, a primeira coisa que pensa em fazer é afastar-se daquele que está te invejando, mas até que ponto isso pode ser a saída para situação?

A inveja possui diversas características, variando de indivíduo para indivíduo, sendo um sentimento altamente destrutivo, não se trata de somente querer ter o que o outro tem, mas em se angustiar ou entristecer-se com a vitória, com o prestigio, ou simplesmente desejar que o outro não tenha nada.

Você já ouviu o termo de “inveja branca”? Mas o que seria isso? Bem, na verdade quando alguém fala isso, na verdade não está invejando, mas sim, tendo um sentimento de admiração e admiração não tem nada a ver com inveja. Admiração é sentimento bom, é ter apreço por alguém ou por algo, pode ser caracterizado por uma surpresa ou espanto, mais jamais com querer ou desejar mal.

Mas vamos focar no ambiente empresarial, nele está repleto de casos onde a inveja predomina.

Podemos destacar dois tipos de invejosos, aquele que reprime o sentimento, não fazendo transparecer, mas que no fundo morre de raiva do colega, por ser mais competente, ou por ter mais destaque ou porque ganhou aquela promoção, muitas vezes se faz de teu melhor amigo, enchendo de elogios falsos. Este é perigoso, porque não se sabe se está aguardando o momento certo para te puxar o tapete;

Mas o mais prejudicial é aquele que escancaradamente diz que não gosta de você, sem apresentar motivos razoáveis, simplesmente, te difama se tiver oportunidade. Quando ouve alguém falar bem de você ele será o primeiro que com sutileza ou não vai tentar menosprezar suas qualidades. Este é o mais perigoso, pois pode influenciar outras pessoas, que muitas vezes acabam desenvolvendo uma antipatia pelo invejado sem ao menos entenderem o porquê.

Bom, deu para perceber que a inveja é destrutiva mesmo, além de possuir um poder de contaminar todo o ambiente de trabalho, mas como fugir dela então?

Na verdade, é necessário entender o sentimento de inveja para depois poder administrá-la ou combatê-la.

Geralmente, pode surgir por problemas de liderança, ou muitas das vezes em empresas de pequeno porte, onde se trabalham poucas pessoas.

Outra questão é também existem pessoas que abrem muito sua vida, contando detalhes de relacionamentos, casa, bens, família, podendo despertar o sentimento de inveja naquele que é predisposto a ter este sentimento.

‘’O amigo do chefe’’ – tem algumas pessoas que por questões de afinidades possuem um relacionamento mais amistoso com seu chefe, isso também pode ser motivo que leva acender a inveja em algumas pessoas.

Mas até aqui tudo bem, mas e quando surgem problemas de relacionamentos, quando surgem embates entre invejoso e invejado?

Bom, estamos falando de um ambiente empresarial, onde o que se espera de nós, é o profissionalismo, embates são atitudes antiprofissionais, em que se existirem acabam gerando um desgaste emocional muito grande e tendo repercussões muito drásticas, podendo levar até uma dispensa do serviço. Evite discutir em sem trabalho e leve isso pra vida, em uma discussão nunca haverá um vencedor e nem um perdedor, porque todos têm pontos de vistas diferentes sobre determinadas situações e que não serão mudadas a força.

Uma maneira de evitar a inveja é ter bons relacionamentos, tente ser amigo de todos dentro de sua empresa, sem interesses, seja gentil, benevolente, motive seus colegas, através de elogios quando achar que forem merecedores.

Evite fofocas, brincadeiras que possam destacar características não tão positivas das pessoas.

Se ainda assim, tiveres problemas, pondere se é o caso de contar para seu chefe, mas a portas fechadas, e sem intenção de prejudicar o colega, apenas destaque os fatos, e peça um conselho para agir diante da situação. Nunca faça com o intuito de vingança ou para tentar prejudicar o invejoso.

Seja profissional sempre, dê mais de uma chance, já vivenciei situações no meio empresarial em que pessoas trocaram a inveja por um sentimento de admiração, fazendo surgir amizades duradouras, mas sejamos realistas, isso é algo muito raro.

Existem muitos estudos sobre a origem da inveja, e muitas situações em que se manifesta e casos de pessoas que venceram e muitas outras pessoas que foram prejudicadas de alguma maneira por alguém invejoso. O fato é que a inveja sempre existiu e vai continuar existindo, por isso ignore-a, com sabedoria, um bom profissional deve agir sempre com profissionalismo, nunca se deve deixar influenciar por sentimentos negativos.

Elisângela Pereira

Fonte:Atitude e Negocios

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Facebook

 

 

*******

Todos direitos reservados. Você não pode copiar, distribuir, exibir, executar, sem que seja dado crédito ao autor.